Entendendo a história da Bíblia: para viver melhor a fé

É o amor a Palavra de Deus que nos leva a sairmos da teoria para a prática e de ouvintes para executores dos ensinos de Jesus Cristo. Venha conosco nesta caminhada de fé e oração.

11 compartilhar

A Palavra de Deus permaneça entre vós

Eis o grande desafio de Deus hoje: "Vivermos uma vida digna do Evangelho de Jesus Cristo". Paulo diz isso em Filipenses 1, 27. Vivermos uma vida digna do Evangelho implica em 3 pontos importantes: 

1 - ACOLHER COM DOCILIDADE A PALAVRA DE DEUS;

2 - ACOLHER COM SERIEDADE A PALAVRA DE DEUS;

3 - TRADUZI-LA COM AUTENTICIDADE EM NOSSAS VIDAS.

É o amor a Palavra de Deus que nos leva a sairmos da teoria para a prática e de ouvintes para executores dos ensinos de Jesus Cristo.

Para que a Palavra de Deus permaneça entre nós em toda sua riqueza, é preciso amor e deste amor deriva o destino - a salvação ou a ruína - de nossa casa espiritual.

Quando paramos para pensar que vivemos dias de turbulências espirituais, vendavais de seitas e doutrinas, enchentes de desesperança e chuvas de sedução e pecado, podemos então aí, vislumbrar o risco de nossas vidas não estarem alicerçadas em Jesus.

O homem prudente, não se contenta em só ouvir a Palavra. O homem insensato se firma em valores abstratos. 

O homem prudente no tempo de sofrimentos pessoais, tribulações financeiras, tempestades das doenças, perda da harmonia familiar, RESISTE na fé e em tudo dá graça. Nada pode detê-lo. Nada pode abalá-lo.

Ele caminha sobre as águas e move os montes. Sua felicidade incondicional se estabelece em Jesus Cristo.

O homem insensato se abre ao murmúrio, reclamações, lamurias, não resiste as adversidades naturais e cai.


Qual é o tamanho do seu amor pela Palavra de Deus? Qual é a extensão que você vive a Palavra de Deus???

É tempo de nos deixar moldar, podar, lapidar e transformar radicalmente, segundo os moldes dos apóstolos mártires da fidelidade.


O CARISMA ANUNCIA-ME

A Comunidade Anuncia-Me nasceu do desejo de falar deste Jesus, e junto com mais quatro pessoas – Dairo Pimentel, Carlinhos. Tio Toninho e Maria José (Mazé) – compramos meia hora na Rádio Piratininga AM 610 para fazer um programa de rádio.

Oramos três dias para que o Senhor nos inspirasse um nome para o programa e por três vezes abrimos a Bíblia na passagem de João 2, as Bodas de Caná. Foi aí que discernimos que éramos chamados a fazer a vontade de Jesus como Maria diz: “Fazei tudo o que Ele vos disser”, era anunciá-Lo e colocamos o nome do Programa ANUNCIA-ME que começou no dia 25 de Março de 1985, Dia da Anunciação.

Não tínhamos experiência de rádio, mas ficamos no ar por 13 anos seguidos. Em janeiro de 1986, demos um passo audacioso fazendo mensalmente o jornal Anuncia-Me, um tablóide de quatro páginas – mais tarde 8 – artesanal no sistema linotipista. Éramos uma equipe de cinco pessoas que foram ficando comprometidas. Transmitimos missas das paróquias, encontros da RCC no Morumbi e Pacaembu em São Paulo, onde estávamos anunciando a Palavra ou levando-a pelo ar.

O grupo foi ficando cada vez mais junto, chegaram outras pessoas e abrimos um escritório nas dependências do Orfanato Puríssimo Coração de Maria – onde nos reuníamos todas as tardes. Nesse trabalho de colher material para o programa de rádio, conhecemos Pe. Jonas Abib que me convidou para ir para a Canção Nova e, mesmo tendo o grupo Anuncia-Me, fui ficando lá como funcionário – só com providência, sem remuneração- por 6 anos, fazendo o programa “Rincão do Meu Senhor”, “O Evangelho do dia” às 8:00  e “A Tarde é Nossa”.

Quando a Canção Nova obteve autorização para ser retransmissora da TV Educativa, fui o primeiro a aparecer anunciando o início das transmissões e a missa inaugural com Dom João Hipólito e Padre Jonas.

Pela vontade de Deus, em 1992, deixei a Canção Nova, a contragosto, pois gosto demais de rádio, e continuei a Missão Anuncia-Me. Foi ai que obtivemos o “Reconhecimento Canônico de Caráter Diocesano”, fizemos nossa regra de vida e estatuto canônico, nos tornando uma Comunidade Vida e Aliança.

“Não fundei Comunidade, ela nasceu no coração de Deus”.


Nossa missão é anunciar o Evangelho a toda criatura, missão que se faz vocação: “Ser Voz Insilenciável de Deus.”

Nosso lema :

“Simples como Maria.”

Baluartes:

• Nossa Senhora das Graças;

• São José;

• Santa Terezinha do menino Jesus;

• Santo Antonio de Sant´ana Galvão;

• Nossa Senhora da Anunciação. 

Oração do retiro

Oração a Nossa Senhora da Anunciação

“Ó Maria, virgem Imaculada e causa da nossa alegria, respondendo com generosidade ao anúncio do Arcanjo São Gabriel, vós pudestes dar curso ao plano de Deus para nossa salvação. Vós fostes, pela Providência Santíssima desde toda a eternidade, constituída vaso de eleição e moradia digna do Verbo Encarnado. Pelo vosso “sim” e fidelidade ao Pai celeste, o Espírito Santo teceu em vossas entranhas Jesus, nosso Senhor e Salvador. Eis que desejando que o Filho de Deus que quis nascer em Vós, nasça também em meu coração e conceda-me o perdão de meus pecados, prostro-me aos vossos pés e vos imploro, com todo o fervor de minha alma, que vos digneis alcançar-me, do vosso Filho, a graça que tanto necessito…(colocar a graça). Ouvi minha súplica, ó Virgem Santíssima, Nossa Senhora de Caná e de Pentecostes, Vós que, perante o trono da Graça, sois a “Onipotência Suplicante”, enquanto vou meditando, com reverência e filial afeto, todos os momentos de dor e de alegria, de desolação e de providência, que vos acompanharam em vossa bendita e singular gestação, na qual trouxestes em vosso ventre por nove meses o Filho do Deus Altíssimo. Mãe da obediência e Medianeira de todas as graças, Vós esperastes o tempo necessário para trazer ao mundo o Rei do universo. Eis que, com fé e fidelidade, aguardo a graça que vos suplico. Ajudai-me, pois, ó Mãe da ternura, virgem do silêncio e da escuta, a sofrer em santa espera o tempo e as demoras de Deus, com sobriedade de vida, alegria e perseverança. Fazei que eu jamais desanime ou seja pelo inimigo vencido. Conduzi-me ao paraíso de Vosso Dulcíssimo Jesus e passai a frente, de cada uma de minhas necessidades, perigos ou aflições. Nossa Senhora da Anunciação, rogai por nós!