Retiro de Quaresma: Chamados a ser santos

O Retiro de Quaresma “Chamados a ser Santos” é inspirado na Carta de São Paulo aos Romanos. Receba, toda quarta-feira, uma bela motivação oracional.

206 compartilhar

Bem-vindos ao Retiro para a Quaresma

Um Retiro é um tempo fora do normal habitual para olharmos para trás e olhar aquilo que aconteceu, dar conta do que aconteceu e fazer as mudanças necessárias para um futuro melhor. Deus trabalha continuamente conosco, incitando-nos, comunicando e procurando entrar em contato conosco; a nossa tarefa é dar tempo para escutar a “mensagem”, ou o que quer que seja! 

Rezar é simplesmente “ ser verdadeiro(a) com Deus e deixar mesmo Deus entrar” na nossa realidade tantas vezes confusa. Santo Inácio lembra-nos que Deus está nos nossos desejos mais profundos.

Escutar os desejos do nosso coração significa ‘ficar quieto por dentro', dando um passo atrás, deixando as coisas vir à superfície, escutar a ‘voz interior'. É como uma piscina onde a água, quando agitada e encrespada, não deixa ver nada lá para dentro. Mas quando a água está calma e sem ondulação, é possível ver o fundo. Daí, a necessidade de silêncio, ‘retiro' e tempo livre.

O nosso texto : A Carta aos Romanos

Em determinada altura das suas viagens, talvez 25 anos depois da morte e ressurreição de Jesus, S. Paulo decidiu visitar Roma. Esperava servir-se aquela cidade como base da sua navegação para o Mediterrâneo Oeste, um território novo para ele, e talvez mesmo chegar a Espanha, um país na extremidade do mundo conhecido. Antes de partir, escreveu uma carta aos cristãos que já viviam em Roma. 

Queria apresentar-se e dar-lhes uma ideia da forma como pregava o Evangelho. É essa carta que vamos considerar e rezar durante este retiro da Quaresma. O tema do retiro é tirado da frase que Paulo usou para se dirigir aos cristãos a quem estava a escrever. Fala deles como aqueles ‘chamados a ser santos'. Paulo não era um sonhador optimista, que os olhava com óculos cor de rosa. De facto, nesta carta, vai procurar corrigir o que viu como falsas interpretações e até práticas erradas em que tinham caído alguns pequenos grupos de Roma. 

Mas vai também apresentar-lhes um grande ideal. Eles eram, na verdade, "chamados a ser santos" chamados pelo Deus da boa nova que Paulo andava a pregar. E se Deus os tinha chamado, também lhes daria tudo o que fosse necessário para responder ao chamamento.

O nosso Tema: Chamados a ser santos

Paulo compara a fé de Abraão à fé daqueles que confiam na acção de Deus em e através de Jesus no seu próprio tempo. Afinal, a vida de Jesus na terra terminou repentinamente quando foi executado pelos romanos. A situação dos seus seguidores parecia mesmo desesperada. Porém, o Evangelho conta-nos que, ao ressuscitar Jesus dos mortos, Deus trouxe uma vida nova a toda essa situação impossível. 

De que modo a Ressurreição de Jesus afeta a nossa fé sobre o que Deus pode fazer e fará por cada um(a) hoje e no futuro? Nós, que somos “chamados a ser santos” estamos unidos pela fé em tudo o que Deus fez e continua a fazer, através da vida do Seu Filho Jesus. Acreditamos que vive ainda no meio de nós e continua a moldar as nossas vidas em cada dia. Tome alguns momentos agora para falar e escutar Jesus sobre o que Ele possa querer fazer na sua vida neste preciso momento.

Se estas palavras encontram lugar em si mesmo(a), pode terminar esta oração repetindo o pedido que tantas pessoas fizeram a Jesus: “Senhor, aumenta a minha fé.”

Antes de começar

Tem aqui algumas questões em que pode pensar ao iniciar esta caminhada quaresmal. Primeiro, recorde-se de algumas das melhores pessoas que conhece. O que é que nelas é tão bom? Haverá alguma maneira delas mostrarem o que significa ser “chamados a ser santos”, na frase de Paulo?

Depois, então, pense em si e num aspecto da sua vida em que gostaria de ser melhor. Que ajuda precisa de Deus para o conseguir? Pedir este dom a Deus é uma boa maneira de começar a olhar a carta que S. Paulo escreveu para Roma.

O retiro na prática

Receberás a cada quarta-feira:

🎧 Uma meditação em áudio

📃 Uma meditação escrita

Escolhe o modo, o tempo e o lugar que mais te ajude a estar concentrado. Podes optar pela melhor forma de saborear e interiorizar o que é proposto.

Uma Santa Quaresma e bom Retiro!

Oração do retiro

Pai nosso

Pai nosso que estais nos Céus, santificado seja o vosso nome, venha a nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém!

Ore agora por este retiro clicando em "Eu oro"